AGORA \ Crítica Teatral
Quem Somos

AGORA é um portal brasileiro de crítica teatral com cobertura nacional, sediado na cidade de Porto Alegre, apoiado pelo Instituto Goethe. O site abriga reflexões sobre espetáculos apresentados no Brasil e no mundo (seção Crítica), bem como textos de teoria, entrevistas e reportagens (seção Cena Teatral). O portal se diferencia por estabelecer parceria com sites de crítica teatral de outros países através do intercâmbio de conteúdos.

O site está no ar desde 28 de julho de 2015, como resultado de um workshop que reuniu críticos de seis estados brasileiros em Porto Alegre, com a participação do crítico alemão Jürgen Berger. Os integrantes da oficina formaram a equipe original do site, até dezembro de 2016. A partir de janeiro de 2017, o AGORA é formado por Michele Rolim e Renato Mendonça, e suas postagens estão abertas a colaboradores convidados.

O AGORA defende que uma relação construtiva e horizontal entre a crítica e a cena é fundamental para o fortalecimento da produção teatral de qualquer país.

 

EDITORES

 

Michele Rolim, Porto Alegre

Jornalista e mestra pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Desenvolve pesquisa em torno do tema curadoria em festivais de artes cênicas. É a repórter responsável pelo setor de artes cênicas do Jornal do Comércio, em Porto Alegre. Participou dos júris do Prêmio Açorianos de Teatro, do Troféu Tibicuera de Teatro Infantil (ambos da prefeitura de Porto Alegre) e do Prêmio Braskem em Cena no festival internacional Porto Alegre Em Cena. Membro da International Association of Theatre Critics (IATC).

 

Renato Mendonça, Porto Alegre

Jornalista e mestre em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Editor de teatro no jornal Zero Hora, de Porto Alegre (RS), por 15 anos. Desde 2007, frequenta a Oficina de Dramaturgia orientada pela diretora Graça Nunes. É coordenador da Escola de Espectadores de Porto Alegre (EEPA), projeto da secretaria de Cultura de Porto Alegre, desde março de 2013. Já participou dos júris do Prêmio Açorianos de Teatro, da prefeitura de Porto Alegre, e do Prêmio Braskem em Cena, do festival Porto Alegre Em Cena. Debatedor convidado do festival riocenacontemporânea de 2006 (Rio de Janeiro). Membro da International Association of Theatre Critics (IATC).

COLABORADORES

 

Patrick E. C. Pessoa, Rio de Janeiro

Doutor em Filosofia pela UFRJ e professor adjunto do Departamento de Filosofia da UFF. É editor da Revista VISO: Cadernos de Estética Aplicada (www.revistaviso.com.br) e atua como crítico teatral na Revista Questão de Crítica (www.questaodecritica.com.br). Tem três livros publicados: "A segunda vida de Brás Cubas: A filosofia da arte de Machado de Assis" (Ed. Rocco, 2008); “A História da Filosofia em 40 Filmes” (Nau Ed., 2013) e “Oréstia: adaptação dramática” (Giostri Ed., 2013). Assinou a tradução e a dramaturgia dos espetáculos “Na selva das cidades”, de Brecht, dirigido por Aderbal Freire-Filho (2011) e “Oréstia”, de Ésquilo, dirigido por Malu Galli e Bel Garcia (2012). Em parceria com o diretor Marcio Breu, escreveu a peça “Nômades” (2014). Membro da International Association of Theatre Critics (IATC).

 

Ruy Filho, São Paulo

Bacharel em Artes Visuais, é fundador da Cia. de Teatro Antro Exposto, editor da revista digital Antro Positivo, sobre teatro e política cultural. Atua como ensaísta sobre novas configurações do teatro contemporâneo e políticas culturais, além de docência em dramaturgia, encenação, direção, gestão cultural e ética. Seu ensaio teórico sobre teatro mais recente publicado é A Construção do Sujeito Biopolítico no Intérprete: o corpo como representação de complexidades, pela EdUFT (Editora da Universidade Federal de Tocantins), no livro Teatralidades, além de diversos outros publicados em revistas especializadas. É diretor artístico e dramaturgo fundador da Cia de Teatro Antro Exposto e do coletivo paulistano de jovens críticos Diálogos. Pesquisador de política cultural e construção de novos paradigmas no fazer teatral. Membro da International Association of Theatre Critics (IATC).

 

Mateus Araújo, Recife

Jornalista formado pela Universidade Católica de Pernambuco. Recifense, foi repórter de cultura do Jornal do Commercio (PE), escrevendo sobre teatro e cultura popular e é titular do blog Terceiro Ato. Também colabora com críticas de teatro para a revista O Grito! (PE) e para o site TeatroJornal (SP). Membro da International Association of Theatre Critics (IATC).

 

Helena Carnieri, Curitiba

Jornalista formada pela UFPR e mestre em Estudos Literários pela mesma instituição. Desenvolve pesquisa na área de literatura e outras linguagens sobre a montagem "A dama do mar" de Robert Wilson, a partir de texto de Susan Sontag que reescreve a obra de Henrik Ibsen. Foi repórter do Caderno G da Gazeta do Povo, em Curitiba,cobrindo as artes cênicas e atuando como crítica de espetáculos. Publica também crônicas quinzenais sobre cultura e maternidade, no mesmo jornal. Membro da International Association of Theatre Critics (IATC).

 

Soraya Belusi, Belo Horizonte

Jornalista, crítica de teatro e mestre em Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atriz formada pelo Teatro Universitário da UFMG, tem atuado na cobertura dos principais eventos de artes cênicas do país. É editora do blog Horizonte da Cena e coordena o Núcleo de Pesquisa em Jornalismo Cultural do Galpão Cine Horto, em BH.  Atualmente, é editora adjunta do caderno de Esportes, no jornal O Tempo (BH), onde também trabalhou no caderno de cultura, Magazine, por oito anos. Soma ainda experiência na curadoria e em comissões de seleção de mostras e prêmios teatrais e colaborou com importantes veículos nacionais, como O Estado de São Paulo, Folha de S.Paulo e a extinta revista Bravo!. Membro da International Association of Theatre Critics (IATC).

 

Jürgen Berger, ALEMANHA

Estudou Germanistica e Ciências Politicas em Heidelberg. Atua como crítico de teatro e literatura e escreve para importantes jornais alemães, como o “Süddeutsche Zeitung”, “Theater heute” e “TAZ”. De 2003 a 2007 fez parte da comissão julgador da renomada premiação “Mülheimer Dramatikerpreis” (Prêmio de dramaturgia da cidade de Mühlheim). De 2007 a 2010 foi membro da comissão de jurados do “Berliner Theatertreffen” (Festival de Teatro de Berlim). Desde 2006 é docente de crítica teatral na Universidade de Mannheim e vem fazendo parte de importantes comissões julgadoras do universo teatral.

Yannick Brutel, FRANÇA

Crítico, dramaturgo‚ professor e pesquisador de estética e estudos teatrais da Université de Provence Aix-Marseille da França.

 

 

 

 

 

Federico Zurita Hecht, CHILE

Professor do Departamento de Literatura da Universidad Alberto Hurtado e nas Escolas de Teatro do Instituto Profesional Arcos e da Universidad Finis Terrae. Crítico de teatro na Revista Intemperie. Autor das peças Se preguntan por la muerte de Clitemnestra e Apocalipsis a la hora de comer, e dos livros de contos El asalto al universo (Eloy Ediciones, 2012) e Lo Insondable (La Pollera Ediciones, 2015).

 

 

 

 

 
   

 PARCEIROS

 

L'INSENSÉ, França

l'insensé é um site francês de artes cênicas (http://www.insense-scenes.net/) criado em 2008. Reúne mais de 400 comentários sobre espetáculos especialmente da região do Mediterrâneo. Desde 2015, o l'insensé mantém parceria com a BNF Maison Jean Vilar durante o Festival de Avignom. A parceria do l'insensé e do Agora teve início em 2015, e envolve viagens de críticos entre Brasil e França e publicação conjunta de comentários nos dois sites.

 

ALIANÇA FRANCESA, Porto Alegre

A Aliança Francesa de Porto Alegre faz parte de uma rede de cerca de 900 unidades pelo mundo, apoiadas pelo Ministério de Assuntos Estrangeiros francês. Entre suas atividades estão organizar espetáculos e eventos culturais e viabilizar a vinda de palestrantes da França e de países de língua francesa. Acesse o site da AF em http://www.afpoa.com.br.

 

OBSERVATÓRIO DOS FESTIVAIS, Belo Horizonte

O Observatório dos Festivais (OF) surgiu em 2014 como um conjunto de ações articuladas para divulgar, pesquisar e produzir conhecimentos sobre festivais de artes cênicas no Brasil, inicialmente com foco no teatro. Entre os objetivos do OF estão oferecer informações sobre os festivais que acontecem por todo o país, realizar debates, seminários e conferências, além de atividades de pesquisa. Acesse o link do Observatório dos Festivais em http://www.festivais.org.br/

 

 

REVISTA HIEDRA, Chile

Revista Hiedra é uma revista digital com cobertura sobre o Chile, especialmente sobre Santiago.  Busca uma crítica híbrida, que encerre rigor teórico necessário para discutir  os processos técnicos, políticos e estéticos envolvidos na obra de teatro, sem comprometer  a acessibilidade de uma reflexão sobre a relação que se estabelece entre o contexto de circulação, a obra e o espectador.  Acesse a Revista Hiedra através do link http://revistahiedra.cl/.