AGORA \ Crítica Teatral
AGORA ACOMPANHA SEMINÁRIO DO PALCO GIRATÓRIO
Renato Mendonça (RS), em Porto Alegre, 09/05/2016

O Agora inaugura hoje uma nova forma de participação no Festival Palco Giratório RS 2016. Além das críticas de espetáculos a cargo de Ruy Filho, Michele Rolim e Renato Mendonça, o Agora vai produzir textos críticos sobre o Seminário Práticas Políticas da Cena Contemporânea, ciclo de debates que vai abordar temas ligados a gênero, negritude, cena na rua, limites entre ficção e real, entre outros. O seminário é coordenado pela diretora e pesquisadora gaúcha Patrícia Fagundes.

Os textos sobre o Seminário, produzidos por Michele e por Mendonça, serão postados no Agora e distribuídos impressos aos participantes do encontro. As atividades se iniciam hoje e vão até 20 de maio, sempre das 14h às 17h, no Teatro de Arena (Borges de Medeiros, 835). Inscrições devem ser feitas pelo email palcogiratoriosesc@sesc-rs.com.br, para quem quiser atestado de participação. (é possível também chegar na hora para assistir apenas a encontros "avulsos). A atividade é gratuita.

Confira abaixo detalhes sobre o seminário “Práticas Políticas da Cena Contemporânea”

09/05

Trans versões – Questões de gênero

Conversa sobre a ressonância de temáticas de gênero e sexualidade nas práticas artísticas e sociais contemporâneas.

Felipe Matzembacher (RS), Silvero Pereira (CE) e Guacira Lopes Louro (RS)

10/05

Negritude em cena

A cena problematiza a visibilidade e espaço do negro na sociedade atual, colocando em foco racismo e discriminação na composição de poéticas da negritude.

Celina Alcântara (RS), Eugênio Lima (RS) e Jessé Oliveira (RS)

11/05

Fronteiras, trânsitos e cruzamentos da arte

Os limites da arte estão constantemente sendo expandidos, provocados, reinventados. Borram-se fronteiras entre linguagens, perspectivas, dimensões como arte e vida, estética e ética, ação social/política e criação artística, teoria e prática.

Fernando Villar (DF), Sandra Rey (RS) e Eros Pereira Galvão (RJ)

 13/05

Olhares sobre o real

Poéticas que bebem das fricções entre real e ficcional, teatro documentário; memória, realidade e autoficções como matéria da cena.

Henrique Fontes (RN), Janaina Leite (SP) e Patrícia Leonardelli (SP)

16/05

A Cena Fora do Eixo

Sobre a criação cênica fora do eixo cultural ainda centralizado do país: como produzimos, criamos, compomos redes de relações. O sentido político de estar fora do eixo.

Airton Tomazzoni (RS), Gisele Vasconcelos (MA), Christina Streva (PB) e Mirna Spritzer (RS)

17/05

A Cena na rua

A arte que se lança além dos espaços fechados e especializados, ocupando ruas, parques, praças, reivindicando o aspecto público do espaço urbano.

André Carreira (SC), Vitor Mesquita (RS) e Alexandre Vargas (RS)

18/05

Corpo em dança

O corpo como espaço ético e político, discursos do corpo na dança.

Mônica Dantas (RS), Dudude Hermann (MG) e Rosa Primo (CE)

20/05

Práticas coletivas

De formas plurais, a experiência política da arte se reinventa em práticas de encontro, que afetam processos, obras, redes de produção, formas de ação e associação.

Fran Teixeira (CE), Rudifran Pompeu (SP), Vera Bertoni (RS) e Simone Rasslan (RS)