DEZOITO ESTAÇÕES DE OUTONO
TAKINORI KAWAHARA

Dezoito Estações de Outono" explora as variações de uma mesma estação, que lentamente transforma cores, altera a percepção da passagem do tempo e suscita no olhar imagens impregnadas por culturas que se fundem em cena. O espetáculo culo se utiliza da linguagem do Butoh, dança que nasceu no Japão ao final da decada de 1950 por Tatsumi Hijikata e Kazuo Ohno. A obra nasce no topo de uma montanha em Kamihoshikawa, no Japão, a partir de mais uma imersão de Ana Medeiros e Hiroshi Nishiyama, e é o segundo trabalho dos bailarinos com direção de Etsuko Ohno, matriarca da família Ohno.

O espetáculo  mostra o corpo registrando a natureza a sua volta, o frio, as guerras e o fim de um ano turbulento. Em cena, os bailarinos buscam viver a dança  como uma espécie de ritual para tocar o sagrado, que se manifesta apesar de tudo, e desejar um mundo mais humano, sempre acompanhados de uma trajetória que pulsa com a memória ia dos que vieram antes. "Dezoito Estações de Outono, estreou no lendário Kazuo Ohno Dance Studio, no último mo dia 13 de fevereiro e em Porto Alegre no Teatro Carlos Carvalho no dia 06 de abril.

https://drive.google.com/drive/folders/1XYXXLJQxeKFCySfZD2mFBaDLEYYsKFKp