Cerimônia de entrega dos Prêmios Açorianos e Tibicuera 2023
Jéssica Barbosa

No Teatro Renascença, dia 27 de março, às 20h, a Coordenação de Artes Cênicas, da Secretaria Municipal da Cultura e Economia Criativa convida para a cerimônia de entrega dos Prêmios Açorianos e Tibicuera de 2023.

A Coordenação optou, recentemente, por adotar o dia 27 de março – Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Circo – como data oficial da cerimônia de premiação, favorecendo assim o processo de avaliação das obras inscritas, que podem ser assistidas pelas comissões até o mês de dezembro e têm seus vencedores revelados no dia 27 de março do ano subsequente. O Coordenador de Artes Cênicas, Jessé Oliveira, destaca ainda que: “O Prêmio passou por diversas reformulações, voltando a oferecer premiação em dinheiro para algumas categorias, algo que tinha sido abandonado nas últimas edições. Mesmo diante das dificuldades, buscamos aperfeiçoar e valorizar, este que é o grande prêmio das artes cênicas, no Rio Grande do Sul”.

A cerimônia de entrega deste ano conta com uma equipe formada por profissionais reconhecidos na capital tais como Diones Camargo e Marcos Contreras (concepção, roteiro e apresentação) Lu Leão (produção), Isabel Ramil (iluminação e vídeos), Jéssica Barbosa (arte gráfica e identidade visual) e Denizeli Cardoso (trilha pesquisada), e apoio de Elison Couto (cabelos e penteados).

Dando continuidade à proposta levada à cena na cerimônia anterior (também concebida pela dupla de anfitriões) e cujo foco era celebrar o reencontro e união dos profissionais dos palcos de Porto Alegre após o trágico e solitário período da pandemia da Covid-19, nesta edição o objetivo é encorajar tanto artistas quanto público, críticos, jornalistas e autoridades presentes na plateia para juntos reerguermos este setor da Economia da Cultura.

Convidamos a todos e todas para estarem conosco na próxima quarta-feira, 27 de março, Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Circo para compartilhar o que criamos especialmente para a cerimônia deste ano e prestigiar o talento e empenho dos nossos colegas de profissão. Precisamos de você para que juntos possamos fazermos deste momento de reconstrução não só uma luta diária, mas, principalmente, uma festa inesquecível.

 

 

EVOÉ!

AXÉ!!

 

Os indicados são:

PRÊMIO AÇORIANOS DE TEATRO ADULTO

 

MELHOR ESPETÁCULO:

Esperando Godot

Instinto
Raiz Amarga

 

MELHOR DIREÇÃO:

Camila Bauer, por Instinto

Clóvis Massa, por Raiz Amarga

Luciano Alabarse, por Esperando Godot.

 

MELHOR ATRIZ:

Arlete Cunha, por Raiz Amarga

Janaina Pellizon, por Esperando Godot

Leticia Schwartz, por Raiz Amarga

Mirna Spritzer, por Terra Sem Mapa

Sandra Dani, por Esperando Godot.

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE:

Arlete Cunha, por Esperando Godot

Danielle Rosa, por Maria Suas Filhas e Seus Filhos

Lisiane Medeiros, por Esperando Godot

Valquiria Cardoso, por Esperando Godot.

 

MELHOR ATOR:

Alexsander Vidaleti, por Instinto

Nelson Diniz, por Instinto

Sandro Marques, por Em busca de Christa T

Sergio Lulkin, por Terra Sem Mapa


MELHOR ATOR COADJUVANTE:

Erick Flores, por Em busca de Christa T

Ricardo Padilha, por Marias Suas Filhas e Seus Filhos

Thomaz Rosa, por Em busca de Christa T

 

MELHOR CENOGRAFIA:

Clóvis Massa, por Raiz Amarga

Élcio Rossini, por Instinto

Luciano Alabarse, por Esperando Godot

 

MELHOR FIGURINO:

Daniel Lion, por Instinto

Rô Cortinhas, por Terra sem Mapa

Zé Adão Barbosa, por Esperando Godot

 

MELHOR ILUMINAÇÃO:

Carol Zimmer, por Raiz Amarga

Maurício Moura E João Fraga, por Esperando Godot

Ricardo Vivian, por Terra sem Mapa

 

MELHOR TRILHA SONORA:

Álvaro RosaCosta, por Instinto

Daniel Roitman, por Raiz Amarga

Gustavo Finkler, por Terra sem Mapa

 

MELHOR DRAMATURGIA:

Clóvis Massa e Letícia Schwartz, por Raiz Amarga

Giuliano Zanchi, por Instinto

Mirna Spritzer e Sergio Lulkin, por Terra sem Mapa

 

MELHOR PRODUÇÃO:

Jaques Machado, por Esperando Godot

Naomi Siviero, por Raiz Amarga

Projeto Gompa, por Instinto

.

 

PRÊMIO AÇORIANOS DE CIRCO

MELHOR ESPETÁCULO:

Incrível Grillo

Mega Variété Circense de Porto Alegre

Meia Década

O Malabareador de Ideias

 

MELHOR DIREÇÃO:

Cabarezin, por Meia Década

Gabriel Chotguis Grillo, por Incrível Grillo

Ramon Ortiz, por O Malabareador de Ideias

 

MELHOR NÚMERO CIRCENSE:

Alfredo Bermudez, por Número de Acrobacia

Ana Fuchs, por Número da Palhaça Generosa

Grillo, pelo Número do Titanic

Guilherme Gonçalves, por Número de Tecido

Iuri, O Mágico

 

MELHOR PERFORMER DE ACROBACIA:

Alfredo Bermudez, por Mega Variété

Carlo Goidanich, por Mega Variété

Dominique Martins, por Mega Variété

Guilherme Gonçalves, por Mega Variété

 

MELHOR PERFORMER DE COMICIDADE CIRCENSE E PALHAÇARIA

Ana Fuchs, Palhaça Generosa

Gabriel Chotguis Grillo

Karine Rico, Palhaça Kakaká

Léo do Chapéu

Mônica Blume, Palhaça Enófila Polenta

 

MELHOR PERFORMER DE MANIPULAÇÃO DE OBJETOS (malabares, mágica ou ilusionismo):

Iuri, O Mágico, por Mega Variété

Karine Rico, por Meia Década

Léo do Chapéu, por Mega Variété

Ramon Ortiz, por O Malabareador de Ideias

 

MELHOR PERFORMER DE EQUILIBRISMO:

Alfredo Bermudez, por Mega Variété

Dominique Martins, por Mega Variété

Gabriel Chotguis Grillo, por Incrível Grillo

Léo do Chapéupor Mega Variété

 

MELHOR CENOGRAFIA:

Cabarezin, por Meia Década

Gabriel Chotguis Grillo, por Incrível Grillo

Ramon Ortiz, por O Malabareador de Ideias

 

MELHOR FIGURINO:

Cabarezin, por Meia Década

Gabriel Chotguis Grillo, por Incrível Grillo

Mega Variété Circense de Porto Alegre

 

MELHOR ILUMINAÇÃO:

Kevin Brezonlin, por O Malabareador de Ideias

Ósorio Antonio Rocha, por Mega Variété Circense de Porto Alegre

Pati de La Rocha, por Meia Década

 

MELHOR TRILHA SONORA:

Gabriel Chotguis Grillo, por Incrível Grillo

Manu Goulart, por Meia Década

O Malabareador de Ideias

 

MELHOR PRODUÇÃO:

Gabriel Chotguis Grillo, por Incrível Grillo

Kalisy Cabeda e Pati de La Rocha, por Meia Década

Léo do Chapéu, Dominique Martins e Alícia Froener, por Mega Variété Circense de Porto Alegre

.

 

PRÊMIO TIBICUERA DE TEATRO INFANTOJUVENIL

 

MELHOR ESPETÁCULO:

Adivinha o que é

Maria Peçonha

O Museu Desmiolado

 

MELHOR DIREÇÃO:

Juliana Barros, por Adivinha o que é

Márcia do Canto, por O Museu Desmiolado

Paulo Martins Fontes e Tatiana Cardoso, por Maria Peçonha.

 

MELHOR ATRIZ:

Leticia Kleemann, por Adivinha o que é

Maria Carolina Aquino, por Maria Peçonha

Kiti Santos, por Adivinha o que é

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE:

Clarissa Siste, por Caravana da Fantasia conta o Patinho Feio

Madalena Rasslan, por Adivinha o que é

Maura Souza, por O Museu Desmiolado

 

MELHOR ATOR:

Dudu Xavier, por Caravana da Fantasia conta o Patinho Feio

Alexandre Brito, por O Museu Desmiolado

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE:

Eduardo Custódio, por Maria Peçonha

Paulo Martins Fontes, por Maria Peçonha

 

MELHOR CENOGRAFIA:

Antonio Rabàdan, por O Museu Desmiolado

Diego Steffani, por Adivinha o que é

Paulo Martins Fontes, por Maria Peçonha

 

MELHOR FIGURINO:

Antonio Rabàdan, por Maria Peçonha

Antonio Rabàdan, por O Museu Desmiolado

Diego Steffani, por Adivinha o que é

 

MELHOR ILUMINAÇÃO:

Bathista Freire e Ismael Goulart, por O Museu Desmiolado

Carol Zimmer, por Adivinha o que é

Thaís Andrade, por Maria Peçonha

 

MELHOR TRILHA SONORA:

Alexandre Brito, por O Museu Desmiolado

Álvaro RosaCosta, Simone Rasslan e Kiti Santos, por Adivinha o que é

Gustavo Finkler e Renata Mattar, por Maria Peçonha

 

MELHOR DRAMATURGIA:

Cia Gente Falante e Tatiana Cardoso, por Maria Peçonha

Juliana Barros, por Adivinha o que é

Trupe Onde a Palavra se Diverte, por O Museu Desmiolado

 

MELHOR PRODUÇÃO:

Coletivo Morabeza/ Morabeza Cultural, por O Museu Desmiolado

Eduardo Custódio por Maria Peçonha

Juliana Barros e Letícia Vieira / Primeira Fila Produções, por Adivinha o que é